Publicado em

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos provavelmente acelerou em setembro, com os salários aumentando de forma sólida, o que pode aliviar as preocupações do mercado financeiro de que a economia está à beira de uma recessão em meio às tensões comerciais.

O relatório de emprego do Departamento do Trabalho será divulgado nesta sexta-feira na esteira de uma série de relatórios econômicos fracos, incluindo queda na atividade industrial para a mínima de mais de 10 anos em setembro e forte desaceleração do crescimento de serviços.

Com sinais de que a guerra comercial com a China está contaminando a economia, a força contínua do mercado de trabalho é um importante alívio contra a contração econômica. A disputa comercial entre EUA e China tem afetado a confiança, derrubando os investimentos e a indústria.

A criação de vagas de trabalho fora do setor agrícola provavelmente chegou a 145 mil no mês passado, após ganho de 130 mil postos de trabalho em agosto, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas.

O número de novas vagas em agosto foi provavelmente limitada por fatores sazonais relacionados à saída de jovens de seus empregos de verão para retornarem à escola.

Independente de a criação de vagas de trabalho permanecer moderada, economistas esperam que o Federal Reserve corte a taxa de juros ao menos mais uma vez este ano dadas as incertezas da política comercial.