Publicado em

BRASÍLIA (Reuters) - O petróleo que tem atingido dezenas de praias no Nordeste muito provavelmente é de origem venezuelana e deve ter vindo do derramamento "acidental ou não" de um navio perto da costa brasileira, disse nesta quarta-feira o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

"Esse petróleo que está vindo muito provavelmente é da Venezuela, como disse o estudo do Petrobras. É um petróleo que vem de um navio estrangeiro, ao que tudo indica, navegando perto da costa brasileira, com derramamento acidental ou não", disse Salles em audiência na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados.

O ministro admitiu que há "enorme dificuldade de conter" as manchas de óleo, mas ressaltou que não se trata de uma "inação dos órgãos públicos".

 

(Reportagem de Jake Spring)