Publicado em

Uma pesquisa realizada com os visitantes do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau apontou que 28% dos turistas já foram ao local mais de uma vez. O estudo, o primeiro que mapeou o perfil do cliente, sinaliza ainda que 87% pretendem voltar ao destino.

O levantamento foi feito com cerca de 1,6 mil turistas que passaram pelo local, e foi feita em parceria com a Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas e do Departamento de Hotelaria e Turismo da Universidade Federal de Pernambuco, com apoio da Prefeitura do Ipojuca. “São percentuais relevantes e que resultam de um intenso trabalho de comercialização do destino, que tem um grande engajamento de todo o trade turístico”, ressalta a diretora executiva do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau, Brenda Silveira.

Segundo a pesquisa, as agências e operadoras de viagem representaram os canais de compra de hospedagem para 55% dos turistas, contra 25% dos sites de viagem.

Quando o assunto são indicações para escolher o destino, 42% disseram ter ouvido boas recomendações de familiares e amigos, seguidos pelas indicações de sites como Google (37%) e o TripAdvisor (25%).

Quem é o cliente?

O percentual de visitantes do Brasil soma 83%. Entre as regiões, o Sudeste lidera com 59%, seguido pelo Sul (16%), Centro-Oeste (13%), Nordeste (11%) e Norte (1%). Dos 17% de viajantes estrangeiros, 70% embarcaram da Argentina e 22%, do Uruguai. “Esse volume decorre da consolidação da operação regular de voos oriundos de centros como Buenos Aires e Montevidéu”, comenta Brenda. Na sequência vêm Portugal e Estados Unidos, com 2% cada.

O gasto diário médio por pessoa foi de R$ 362,50 para um tempo de permanência de 6,28 dias e 2,71 acompanhantes. A renda mensal individual varia de quatro a 10 salários mínimos para 55% dos ouvidos.