Publicado em

A BrazilLab, aceleradora de startups voltadas para o setor público, abriu as inscrições para a terceira edição de seu programa de aceleração. A organização espera acelerar 30 empresas das áreas de meio ambiente, gestão de pessoas, segurança pública e cibersegurança, saúde, inclusão social e educação empreendedora. Os investimentos devem variar de R$ 50 mil a R$ 200 mil para cada iniciativa.

As inscrições são gratuitas e vão até o dia 8 de outubro. O processo de aceleração deve acontecer de dezembro a março de 2019. O programa oferece mentorias com especialistas e acesso a investidores, empreendedores, Organizações Não Governamentais (ONGs) e outras empresas.

Ao final, três startups devem ser finalistas. Estas vão receber, por pelo menos 6 meses, apoio para contato com órgãos públicos e investidores. Porém, para passar pela implementação, é preciso aceitar a participação societária da BrazilLab, que pode variar de 2% a 8% do valor da empresa.

Ainda, quem tiver a maior nota na avaliação do programa vai ganhar uma bolsa na turma de 2019 da Mission Social Impact, para conhecer os ambientes mais inovadores do mundo.   

A aceleradora já investiu em 26 startups desde a primeira edição. As inscrições estão disponíveis no site da BrazilLab.